Eu Vou Pra Cima
Alexandre Pires

Quando toca o cavaquinho
Ela chega de mansinho
Vem sambando miudinho
Meu Deus que molejo

Atiça o meu desejo

Eu sou mais um pagodeiro
De olho no seu pandeiro
Tão bacana, tão maneiro
Te ver requebrando
(Nossa Senhora, hein?)

E a geral te filmando

Para tudo, tudo para
Quando ela se apresenta
E a temperatura do pagode esquenta
Esquenta

To parado, alucinado
No balanço dessa mina
E o pagode já perdeu até a rima
Eu vou pra cima


Ela desce, ela sobe
Pra me provocar
É nesse corpo desenhado que eu vou
Lalalaialaia