Para Viver Aquilo
Alexandre Pires

Para viver aquilo que vivemos outro dia
Teríamos que nascer de novo
E de novo nos olharmos
E de novo nos amarmos
Isso é pura fantasia
Reinventar um mundo, reinventar a vida
Para viver aquilo que vivemos outro dia
Sob a sua mão inquieta, meu desejo se perdia
No silêncio dos seus beijos, meu corpo estremecia
Para viver tudo de novo, até Deus do céu duvida
É difícil acontecer duas vezes numa vida
Para viver aquilo que vivemos outro dia
Reinventar um mundo, reinventar a vida
Para viver aquilo que vivemos outro dia
Você me acariciava docemente atrevida
E nós dois nos entregamos
Sem pudor e sem medidas
Cada instante e cada beijo mudou tanto as nossas vidas
É difícil acontecer duas vezes numa vida
Para viver aquilo que vivemos outro dia