Que Bonita Religião
Padre Zezinho

Que bonita profecia
O Teu jeito de rezar
Quando não compreendias
Tu ficava a pensar
Perguntaste a Gabriel
Como é que pode ser

Que bonita religião
De quem crê mas quer saber

Que bonita profecia
O teu jeito de sentir
Quando não compreendias
Procuravas intuir
Quando o céu te respondeu
Tu soubeste concluir

Que bonita religião
De quem ouve e sabe ouvir

Que bonita profecia
O teu jeito de insistir
Quando o filho não queria
Insistias em pedir
Lá nas Bodas de Caná
Tu mostraste o teu poder

Que bonita religião
De quem sabe interceder