Tocador da Concertina
Vitorino

"Para a Filipa Pais"

Passaste no meu jardim
logo as flores se inquietaram
que duma espera sem fim
em esperança se transformaram

Tocador da concertina
tuas vozes soam longe
meu coração de menina
ficou preso a partir de hoje

E se acaso não voltares
adora-me o meu retrato
nele está espelhado o rosto
d´um coração namorado

Leva-me sempre contigo
que eu inda sou pequenina
adora-me o meu retrato
nas costas da concertina